Motor

Entra 1 saem 3. Fiat Argo é o novo hatch que irá aposentar Palio, Punto e Bravo. Confira!

Falta pouco para o lançamento do novo carro da Fiat e, até agora, ele ainda era chamado de X6H, código usado pela fabricante para denominar o projeto. Mas enfim ele ganhou o nome definitivo: Fiat Argo. A confirmação veio da própria marca, que já colocou um hotsite no ar para cadastrar futuros clientes. A previsão é que seja apresentado na última semana de maio, com versões 1.0, 1.3 e 1.8. e chegando nas concessionárias no início de junho.

Fiat Argo chega nas concessionárias em junho deste ano

No site, a fabricante italiana diz que o Fiat Argo é “um carro pensado do zero, em cada um dos seus detalhes. O mais completo hatch premium do mercado que consolida o novo momento da marca no Brasil. Com muito conforto e tecnologia, você vai descobrir novos sentidos, experiências e prazeres”. Como mostra a imagem abaixo, não há nenhuma foto do carro, apenas o logo do modelo.

O “novo momento da marca no Brasil” é um ponto importante. Atualmente, a Fiat vem perdendo cada vez mais participação no mercado de automóveis, ocupando a 5ª colocação no acumulado de janeiro a março. O bom resultado das picapes Strada e Toro ajuda a fabricante a subir para a 2ª posição ao somar automóveis com comerciais leves. Sem poder entrar na briga dos SUVs compactos (por causa da Jeep), foi para o segmento que conhece, o dos hatches.

Argo = Tipo brasileiro

Há alguns anos, chegou-se a cogitar a vinda do novo Fiat Tipo ao Brasil. Ficaria caro para produzir e, consequentemente, com preços altos. Decidiram criar seu próprio modelo usando como base o design do Tipo. Os flagras do modelo (que atualmente desfila descaradamente pelas ruas) com a carroceria definitiva já dava as dicas do parentesco com o modelo europeu. A projeção do site italiano Trazione Posteriore adianta como será o Argo.

Detalhes do painel do novo hatch compacto da Fiat

Quão diferente será? Informações que circulam pela imprensa dizem que o compacto nacional terá um capô novo que irá de encontro à grade frontal (no Tipo, ele termina bem antes). A entrada de ar terá o formato interno em colmeia e os faróis auxiliares serão integrados à grande anterior, ao invés de ter área própria como no modelo europeu. A placa de identificação traseira será movida para o para-choque, ao invés de ficar na tampa do porta-malas. As lanternas mudam consideravelmente, sendo mais finas na parte que invade a tampa.

O interior está mais próximo do novo Uno. Mudam algumas linhas por causa da nova central multimídia, que conta com uma tela que salta para fora do painel. As entradas de ar foram posicionadas logo abaixo, com um formato circular. O volante é o mesmo da picape Toro. O painel de instrumentos segue o estilo da Toro, mas com pequenas diferenças, como o mostrador do combustível em volta da tela do computador de bordo.

Novos motores

A Fiat irá aproveitar bastante a nova linha de motores Firefly. Começará com o 1.0 de três cilindros que estreou no novo Uno, com 77 cv e 10,9 kgfm de torque, com etanol. Será combinado ao câmbio manual de cinco marchas. Logo acima estará o 1.3, de quatro cilindros, gerando 101 cv e 14,2 kgfm. Essa versão pode ser combinada ao automatizado GSR, de cinco marchas. Para fechar a linha estará o 1.8 E.torQ EVO, com todas as alterações feitas para o Jeep Renegade 2017, com 139 cv e 19,3 kgfm. Para este motor, a Fiat irá oferecer o câmbio automático de seis marchas.

Novo Hacth aposentará: Palio, Punto e Bravo

Como fica?

A chegada do Fiat Argo irá mexer bastante em toda a linha da marca italiana. Foi desenvolvido com a mesma filosofia do Renault Sandero, oferecendo bastante espaço interno. Afinal, sua missão é aposentar tanto o Palio quanto o Punto e o Bravo. Também será o primeiro a usar a plataforma Latam, uma versão alterada da base do Palio e Grand Siena. Falando no sedã, ele perderá pelo menos algumas versões para dar lugar ao X6S, modelo fabricado da mesma forma que o Argo. O plano original envolvia a criação de uma nova picape, a X6P, substituindo a Strada, só que foi engavetada e passará apenas por mais uma reestilização.

comentários

Sobre o Autor

Vinícius Secco

Vinícius Secco

Sou formado em publicidade há 18 anos e sou apaixonado por minha profissão, paixão essa que me faz estar sempre atualizado as novidades do meio e que me fez fundar o Drops Café visando trazer informação de uma maneira simples e objetiva, abrindo espaço para novos conceitos de estratégias e negócios.

Comenta aí

Click here to post a comment